Verão, tempo de frutas

No nordeste, verão é sinônimo de muitos fins de semana longe do caos urbano e pertinho do mar, de preferência em grupo, se tiver criança dá um toque a mais as lembranças de veraneio. É isso que a gente faz por aqui, cria um monte de memórias para quando chega o período que não dá mais para ir todo fim de semana, às vezes nenhum, mas a vontade fica; de sempre ter férias em janeiro e emendar com o período de reveillon e recesso. Maravilha, né? Bom, junto com isso também tem comer manga do pé, jambo, sapoti, caja, caju e por ai vai. É quando as frutas ganham vez na hora do lanche.

Isso não precisa acontecer só no verão, né? Então, vai umas dicas de como fazer uma simples fruta se transformar num belo lanche ou sobremesa. Uma forma de incrementa-las é assar as frutas de todo dia. Isso vale com abacaxi, maçã, manga, banana e tudo que você quiser testar. Nada de disfarçar sabor com leite condensado e achocolatado, não vale! Podemos manter a saúde e deixar a comida gostosa, sim! Vamos as ideias!

IMG_20140112_144254

Se for só sobremesa, esse abacaxi faz as vezes muito bem. Ah, e ainda nos livra de estragar comida mais uma vez. Quando vejo a fruta começando a morrer ou asso ou coloco no congelador pra fazer um creme/sorvete (receita aqui!). Usei óleo de coco para untar a frigideira antiaderente e é só “fritar”, para melhorar ainda mais coloquei uma colher de sopa rasa de açúcar demerara para duas fatias grossas de abacaxi. Fica caramelado e delicioso! Também pode usar mel, mas nesse caso fica mais calda que caramelo. Por que óleo de coco? Porque ele não vira gordura ruim quando aquecido, ai é tranquilo a fritura nesse caso. 😉 E no calorão, vale acrescentar calorias no fim de semana e colocar uma bola de sorvete de creme, nesse caso não use o açúcar.

IMG_20131216_152609

Se for lanche, tem que incrementar mais para adicionar as calorias necessárias para nos manter fortinhos. Essa banana fiz o mesmo processo de fritura, acrescentei granola e canela; às vezes coloco uva passa. Outra ideia deliciosa é picar a banana e misturar num potinho de iogurte (esfomeados podem colocar também a granola, dê preferência a mais natural possível; compro em loja de produtos naturais), fica muito bom e é ótimo pré-treino (seja marombeiro ou apenas pilateira, como eu haha).

Quando estamos gripados ou com alguma virose, o óleo de coco também ajuda bastante. Misturo 2 colheres de chá no iogurte ou suco e tomo de manhã (dica da minha nutri Virginia Campos). Ele reforça o sistema imunológico, além de muitas outras coisas como manter o controle do colesterol, e dá uma carga no funcionamento do nosso organismo quando estamos fracos/dodóis. A revista Boa Forma afirma não ter contra indicação, apenas iniciar aos poucos para evitar intestino solto demais. Mas lembrem-se: cada corpo é uma história, antes de se entupir de qualquer produto, consulte o médico.

Eu voltei, aqui é meu lugar…

Oi, gente!! Já é 2014 e eu abandonei isso aqui na maior cara de pau, né? Mas foi em nome de algo muito legal para mim e para quem gosta de comidinhas deliciosas e do bem, já já vem aí a Paladar (em breve conto tudinho com detalhes, mas em suma vamos vender alguns quitutes no Recife. 😀 Uhuuu). Chega de bla bla bla, falemos um pouco de 2013 e do que vem em 2014.

Ano passado foi um super ano, apesar de todas as pedras no caminho e dos problemas de saúde, porque eu descobri muitas coisas sobre mim, os limões viraram limonadas e descobri um novo trabalho com isso. Incrível, né? Não sei vocês, mas eu tenho muito fé e Deus nunca dá uma cruz mais pesada do que podemos carregar e ela nunca chega a toa. Aprendi mais sobre isso também. O blog surgiu dessa história também, fui para cozinha, mergulhei nesse mundo e meus presentes de Natal incluíram itens para a danada. Quem diria? Virei uma amélia moderna. hahaha Agora chega de falar de passado, o futuro chegou!

2014 deve vir com muitas novidades para mim e muito estudo, será necessário, afinal. Mantendo a saúde, a alimentação com comida de verdade, preciso investir mais no exercício físico e isso já será providenciado. Agora, só quero coragem, força e paciência para investir nos novos planos.

Aproveito o post para uma dica, não posso começar o ano falando só de mim. Aqui em casa, temos um problema, que na verdade não começa com problema, mas o apetite do povo não dá conta das embalagens maiores de comida. Se torna algo ruim porque estragar comida não é nada do bem, nem sustentável, com um monte de gente precisando comer por aí. Tudo que existe em porções menores, claro, compramos assim; o que não tem solução doamos antes de perder a validade, claro (às vezes percebemos tarde demais, infelizmente e acaba no lixo).

20140113_171829

Bom, com o pão integral isso acontece muito, a umidade de Recife faz ele mofar rapidinho. Resolvi fazer o seguinte: metade do saco coloquei em saquinhos pequenos de plástico (como o da foto) e pus no congelador. Isso mantém o pão muito mais tempo, ai quando for comer tira umas 10h antes e pronto. Ou coloca na sanduicheira, grelha ou assa na frigideira mesmo. Isso também é ótimo para quem mora sozinho. 😉

É isso, feliz ano novo e prometo estar mais presente!