Vamos comer #comidadeverdade!

Hoje não tem receita, nem dicas de comidas, nem nada sem lactose, nem o bolinho com café. Hoje tem uma conversa séria, importante para nossa saúde, para nossas atitudes diante da comida. Na verdade, hoje o post é sobre #comidadeverdade, já ouviu falar? Lembra como é? Eu lembro das minhas avós pensando nisso. Manga, banana, doces caseiros, coxinha feita em casa, bolos, comidas típicas. Uma cozinha com alma e pessoas se movimentando nela. Não era só abrir uma caixa e por na frigideira com óleo.

Nesta época, quando a gente ia ao mercado, todo mundo comia comida. Ontem, fui fazer feira e vimos muitos carrinhos com caixas. Refrigerante, kibe, hambúrguer, suco e sabe-se lá o que mais. Outros são piores, levam caixinhas jurando que estão saudáveis: barra de cereal, farinha disso e daquilo, tudo diet, tudo light, incluindo refrigerante. Não prezo pela magreza, pelos quilos a menos, prezo pela saúde. Posso ter 7kg a mais, mas estarei comendo comida. Não importa se tem glúten ou lactose, para quem pode, claro. Importa que seja uma caldo de carne ou legumes real. Importa que seja um bolo real. Que a salada tenha estado antes na geladeira.

Não tem desculpa de “estraga fácil”, “não tenho tempo” e etc. Já disse isso também e sei que podemos ter tempo sim. Descobri lugares com porções menores das frutas e legumes e nada estraga, qualquer coisa, congela e pronto. É melhor tem tempo hoje do que PRECISAR ter tempo amanhã por estar doente. Sabia que com a comida de verdade você fica menos doente? Eu prometo! Era daquelas pessoas que qualquer rinite alérgica me derrubava, que a virose passava a 500m e eu pegava. Isso mudou muito e foi minha maior conquista.

Bom, chega de bla bla bla porque tem um documentário de 1h30min para vocês verem. Pode ser aos poucos, pode ser tudo hoje, tudo amanhã, só importa que vejam até o fim.

Não precisa radicalizar, tudo na vida é equilíbrio. Mas diminua os industrializados e fique bem, só isso. Pode continuar com a farra, com os quitutes, a pizzaria, o doce. Só prefira algo que você saiba o que tem dentro. Prefira rótulos com itens que você saiba o que é, nomes difíceis de ler já significam complicação no seu organismo. Vamos comer #comidadeverdade